Cirurgia Plástica Pós Grande Perda de Peso

A cirurgia bariátrica firmou-se nos últimos anos como uma alternativa importante para o tratamento da obesidade avançada, que preenche os critérios de indicação cirúrgica e apresenta resposta inadequada ao tratamento clínico bem realizado.

Após a cirurgia bariátrica, verifica-se uma perda considerável de peso, variável conforme cada caso, que resulta em mudanças corporais significativas. Os pacientes sentem a necessidade de adequações à nova realidade, as quais envolvem desde auxílio psicológico até a realização de procedimentos plásticos. Assim é que a cirurgia plástica entra neste universo, auxiliando no tratamento complementar do paciente após grande perda ponderal, devendo também ser indicada em um momento propício e considerando o estado de saúde física e emocional de cada paciente. Estas cirurgias redutoras podem ser realizadas em qualquer parte do corpo, sendo mais comuns nas mamas, abdome, face e membros, para a correção do excesso de pele e da falta de sustentação cutânea decorrentes do emagrecimento vigoroso.

Para assegurar segurança ao paciente, na maioria dos casos não é possível realizar todas as cirurgias de uma só vez, devendo-se programar uma sequência de tratamento com tempo suficiente para recuperação entre um procedimento e outro.